domingo, 6 de setembro de 2009

ENSINAMENTO E CONTATO COM A CRIANÇA INTERIOR

Jorge Carmona


Os Kahunas ou os "Guardiões do Segredo" desta antiga arte ancestral, que agora chamamos Ho’oponopono, acreditavam que o Eu Básico ou "criança" era a sede da memória (o que chamamos agora de Mente Subconsciente), na qual estão armazenadas todas as formas de pensamentos criados pelo Eu Médio ou Mente Consciente.

Simplesmente, qualquer experiência que você tivesse era imediatamente armazenada em sua mente subconsciente, por ação de sua mente cotidiana. Por exemplo, se o seu pai ou seu professor lhe diziam que as mulheres deviam ficar em casa e que eram o sexo frágil, imediatamente essa informação era guardada em sua mente subconsciente.

De acordo com o sistema Huna (sistema ancestral havaiano, de onde se originou o Ho’oponopono), os pensamentos são “coisas”.

Cada pensamento se torna uma minúscula ‘miçanga’ de substância aka (ou substância sutil), que se acumula ao redor de outros pensamentos semelhantes. É o que chamamos agora no Ho’oponopono de "discos", mas neste caso poderíamos dizer que são ‘miçangas’ ou bolhas. Diríamos que são como um grupo de discos enlaçados uns nos outros.

Quando o Eu Médio ("mãe" ou Mente Consciente), isto é, a mente com a qual você funciona normalmente na vida cotidiana, necessita uma informação específica, instrui o Eu Básico ou "criança" ou Mente Subconsciente para ir buscá-la, e todo o “bloco” é revisado, explicando assim a qualidade associativa da memória.

Tudo isso acontece normalmente e de forma automática, quando há cooperação entre os Eus; do contrário surgem problemas.

A Criança Interior ou sua Mente Subconsciente não é muito superior a um animal, em termos de progresso evolutivo. A Criança Interior é como um animalzinho, um eu ainda animal, habitando nosso corpo, como em todos os animais, com a vantagem adicional de ter consigo um hóspede ou companheiro – o Eu Médio, seu guia racional mais sábio (a mente cotidiana). Como tal, ainda conserva muitos instintos e necessidades puramente animais, não havendo, pois, razão para condená-lo, mas sim para instruí-lo e tentar elevá-lo a níveis evolutivos mais elevados, o que é feito por nós ao apagar as memórias, com a técnica do Ho’oponopono.

Não devemos esquecer que é também como uma criança querida e amorosa, sempre ansiosa por agradar, sempre disposta a colaborar com a mãe nas tarefas que ela deseja realizar, ainda que muitas delas, em princípio, não lhe interessem.

É nossa tarefa, como Mentes Conscientes, tentar entrar em contato com o Eu Básico e conhecê-lo profundamente. Para isso é útil tentar saber por que nome gostaria de ser chamado, o qual nem sempre coincide com o nome de batismo e pode ser um nome masculino ou feminino. Para que possamos estabelecer esse delicioso e divertido conhecimento, é necessário desenvolver um sistema para “conversar” com o Eu Básico.
Podemos falar com ele, dizer que desejamos conhecê-lo melhor e divertir-nos jogando juntos. Pode parecer infantil, mas o Eu Básico é uma criança precoce e pode ser esperta, serviçal, voluntariosa, obstinada, fantasiosa, ávida, ou uma mescla disso, de acordo com sua natureza peculiar, tal como qualquer criança.

Lembre-se também que a criança é formada por todas essas ‘miçangas’ ou bolhas ou discos entrelaçados, que já expliquei a vocês, mas, além disto, tem uma forma física, pois está entrelaçada com todo nosso corpo sólido. Como a massa de uma torta, você não pode diferenciar os ingredientes em uma primeira instância!

Por isso é importantíssimo que se você deseja curar alguma parte de seu corpo, dirija-se à Criança Interior olhando e falando com a parte de seu corpo envolvida. Têm a individualidade de uma criança realmente!! Portanto, podemos treiná-la, se queremos sua cooperação, assim como treinamos um animalzinho que amamos, recompensando-o com algo que aprecie, tal como uma guloseima, ou elogiando-o sinceramente. Para isso uma maneira fácil é durante o sono pedir que nos dê seu nome ou, em meditação, deixar que nos sugira…para comunicar-se com ela e facilitar o processo.

Jorge

2 Comentários:

Maria josé Pimentel disse...

Muito obrigada! Achei muito interessante!

Maria josé Pimentel disse...

Muito Obrigado!

Postar um comentário

Fico imensamente feliz com tua visita!
Paz, Amor e Alegria no teu coração!!!
Eleonôra

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO